Educação Infantil - CEPC - Centro Educacional Praia da Costa

Educação Infantil



Diretrizes Gerais
 

“Por outras palavras, a educação é, também, uma experiência social, em contato com a qual a criança aprende a descobrir-se a si mesma, desenvolve as elações com os outros, adquire bases no campo do conhecimento e do saber fazer. Esta experiência deve iniciar-se antes da idade da escolaridade obrigatória, assumindo formas diferentes conforme a situação e nela devem estar implicadas as famílias e as comunidades”.

(Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI - 1996).

Educar, na Educação Infantil do Centro Educacional Praia da Costa, significa propiciar situações de cuidados, brincadeiras e aprendizagens orientadas de forma integrada, a fim de que possam contribuir para o desenvolvimento da relação interpessoal, de ser e estar com os outros em uma atitude de respeito, afeto e confiança, e para o acesso aos conhecimentos mais amplos da realidade social e cultural.
 
Educadores do mundo inteiro consideram que essa etapa da educação já tem características de escolarização, pois coloca o aluno diante de oportunidades para o seu desenvolvimento pessoal e intelectual e, no Centro Educacional Praia da Costa, fundamos nossa proposta na mesma crença.
 
É nessa etapa da escolarização que a criança estrutura sua oralidade, desenvolve a expressão gráfica e as relações matemáticas. Outro referencial de aprendizagem desse segmento diz respeito ao domínio do sistema alfabético de escrita.
 
Nosso trabalho localiza-se na perspectiva do Letramento, que considera a habilidade de leitura e escrita no contexto real de seu uso, expõe a criança às práticas correntes de leitura e escrita na sociedade, sem artificializar esse processo. A restrita aquisição do código / Alfabetização será alcançada pela grande maioria de nossos alunos até o final do 1º ano/ 3º Período. Nessa ocasião, produzirão textos em letra cursiva, de forma alfabética bem próxima à escrita convencional, apresentando a percepção de algumas regularidades ortográficas.
 
A leitura de pequenos textos estará alicerçada no exercício de interpretação de indícios (imagens, títulos, silhuetas, palavras-chave, entre outros) e na decodificação de palavras. A fluência e a expressividade da leitura serão objeto de trabalho no Ensino Fundamental I. A habilidade de compreensão será aprimorada paulatinamente, à medida que a criança identificar as informações explícitas e as implícitas.
 
Esse enfoque na aprendizagem de conteúdos escolarizados não exclui nem minimiza os cuidados com a criança que, quanto menor, mais demanda nossa atenção nesse sentido. Cuidados que não assumem um caráter assistencialista, mas se constituem em oportunidades para promover o seu bem-estar, ao mesmo tempo em que estabelecem modelos a partir dos quais ela construirá sua autonomia. O desenvolvimento da identidade e da autonomia está associado aos processos de socialização vivenciados pela criança.
 
É através das interações sociais que se dará a ampliação dos laços afetivos e o contato com as diferentes maneiras de ser e de viver. Sentir-se acolhida pelos adultos, num ambiente que lhe transmita segurança e bem-estar, é condição para que se arrisque a interagir com outras crianças. Nesse sentido, a Escola é o segundo núcleo social que ela passa a freqüentar, pois é o primeiro espaço coletivo que lhe propiciará a experiência educativa da diversidade sociocultural, fundamental para a constituição de sua identidade.
 

Pensar em uma escola de Educação Infantil que propõe o desenvolvimento da autonomia, é propiciar, desde a mais tenra idade, oportunidades para que a criança dirija suas próprias ações, argumente sobre seus desejos, elabore hipóteses e manifeste descontentamentos, considerando-se seus recursos individuais e os limites inerentes ao ambiente.

Objetivos Gerais
 
A Educação Infantil organiza-se de modo a promover o desenvolvimento das seguintes capacidades da criança:
 

• Construção da auto-imagem e desenvolvimento da auto-estima;

• Reconhecimento e descoberta do próprio corpo;

• Desenvolvimento de hábitos de higiene e saúde;

• Conquista de independência, segurança e autoconfiança;

• Ampliação das relações sociais, respeitando a diversidade de pontos de vista e aliando atitudes de cooperação e solidariedade;

• Criação de vínculos afetivos e de parceria com o adulto;

• Observação e exploração do ambiente com interesse e curiosidade;

• Conhecimento e participação ativa em diferentes manifestações culturais;

• Ampliação das possibilidades de comunicação e expressão, por meio de vários gêneros orais e escritos e sua participação no uso social e cotidiano;

• Comunicação de idéias matemáticas, hipóteses, processos utilizados e resultados encontrados em situações-problema relativas a quantidade, espaço físico e medida, utilizando a linguagem oral e a linguagem matemática;

• Apropriação da imagem global de seu corpo, desenvolvendo atitude de interesse e hábitos de higiene e saúde;

• Representação e evocação de aspectos da realidade, da imaginação ou da memória por meio de jogos, brincadeiras e outras formas de expressão;

• Desenvolvimento da língua portuguesa;

• Explicitação de suas hipóteses a partir do acesso a informações.

Os objetivos da Educação Infantil serão alcançados pela ação pedagógica intencional, sistemática e planejada, evocando um universo de conhecimentos significativos, promovendo a socialização da criança e garantindo o acesso aos instrumentos socioculturais necessários ao seu pleno desenvolvimento cognitivo, social e cultural.
 

Cursos oferecidos na Educação Infantil

Tendo-se em vista as particularidades do desenvolvimento das crianças e suas formas específicas de aprender, a organização das turmas da Educação Infantil é feita da seguinte forma:
 

Série / Idade referência

· Infantil 02 - 2 anos

· Infantil 03 - 3 anos

· Infantil 04 - 4 anos

· Infantil 05 - 5 anos



Visitas: 42194


Compartilhe:


Veja mais em: Ensino

Ensino Fundamental
Ensino Médio